início > contabilidade Ano XXII - 29 de outubro de 2020


QR - Mobile Link
CONTA 8.3.1.50 - PREJUÍZOS NA ALIENAÇÃO DE VALORES E BENS

TÍTULO: Plano Contábil das Instituições do SFN - COSIF
CAPÍTULO: Elenco de Contas - 2
SEÇÃO: Função e Funcionamento das Contas - 2.2
SUBSEÇÃO: 8.0.0.00.00-6 - CONTAS DE RESULTADO DEVEDORAS
GRUPO: 8.3.0.00.00-3 - DESPESAS NÃO OPERACIONAIS
SUBGRUPO: 8.3.1.00.00-6 - Prejuízos em Transações com Valores e Bens

CONTA: 8.3.1.50.00-1 PREJUÍZOS NA ALIENAÇÃO DE VALORES E BENS (Revisada em 24/02/2020)

SUBTÍTULOS:

CÓDIGOS TÍTULOS CONTÁBEIS ATRIBUTOS E P
8.3.1.50.70-2 Prejuízo na Alienação de Ativos não Financeiros Mantidos para a Venda – Próprios UBDKIFJACTSWER-LMNH-YZ --- ---
8.3.1.50.80-5 Prejuízo na Alienação de Ativos não Financeiros Mantidos para a Venda – Recebidos UBDKIF-ACTSWER-LMNH-YZ --- ---
8.3.1.50.90-8 Prejuízo na Alienação de Outros Valores e Bens UBDKIF-ACTSWER-LMNH-YZ --- ---

FUNÇÃO:

Registrar os prejuízos ocorridos na alienação eventual de bens móveis, imóveis e valores de propriedade da instituição. (Vigora até 31/12/2020)

Registrar a diferença negativa entre o valor obtido na alienação e o valor contábil líquido da provisão para redução do valor justo de bens e valores. (Vigora a partir de 01/01/2021)

BASE NORMATIVA: Circular BCB 1273; Carta Circular BCB 3.994/2019

NOTA DO COSIFE:

Na Carta Circular BCB 3.994/2019 lê-se:

Art. 1º Ficam criados no Plano Contábil das Instituições do Sistema Financeiro Nacional (Cosif):

III - com atributos UBDKIFJACTSWERLMNHYZ, os subtítulos:

af) 8.3.1.50.70-2 Prejuízo na Alienação de Ativos não Financeiros Mantidos para a Venda – Próprios;

ag) 8.3.1.50.80-5 Prejuízo na Alienação de Ativos não Financeiros Mantidos para a Venda – Recebidos;

ah) 8.3.1.50.90-8 Prejuízo na Alienação de Outros Valores e Bens.

Art. 3º Ficam alteradas as funções dos seguintes títulos:

II - 8.3.1.50.00-1 PREJUÍZOS NA ALIENAÇÃO DE VALORES E BENS, que passa a ser registrar a diferença negativa entre o valor obtido na alienação e o valor contábil líquido da provisão para redução do valor justo de bens e valores.

Art. 5º O disposto nesta Carta Circular aplica-se aos documentos contábeis elaborados a partir da data-base de janeiro de 2021.

Parágrafo único. A partir da data-base mencionada no caput, devem ser reclassificados para as adequadas rubricas contábeis criadas por esta Carta Circular:

I - os saldos existentes nas contas excluídas por esta Carta Circular; e

II - os saldos relativos a ativos não financeiros mantidos para venda porventura registrados em títulos ou subtítulos contábeis diversos dos criados por esta Carta Circular.

Art. 6º Esta Carta Circular entra em vigor na data da sua publicação.

FUNCIONAMENTO DA CONTA:

- Debitada pelo valor dos prejuízos incorridos.
- Creditada por ocasião do balanço, para apuração de resultado.

VER:


(...)

Quer ver mais! Assine o Cosif Eletrônico.