início > cursos Ano XXIII - 7 de julho de 2022


QR - Mobile Link
FORMAÇÃO DE CAIXA DOIS POR POLÍTICOS EM CUMPLICIDADE COM EMPRESÁRIOS

RASTREAMENTO DO FLUXO MONETÁRIO

RASTREAMENTO DA ORIGEM DO DINHEIRO INFORMAL A SER LAVADO

FORMAÇÃO DE CAIXA DOIS POR POLÍTICOS EM CUMPLICIDADE COM EMPRESÁRIOS (Revisado em 20-05-2021)

Desvio de Recursos do INSS desviado para "Contas Fantasmas"

Os esquemas de remessa para o exterior dos recursos financeiros desviados no INSS mediante fraudes previdenciárias são idênticos àqueles utilizados para desvio do dinheiro de Fundos de Pensão e de Secretarias de Fazenda e também para lavagem e esquentamento do "dinheiro sujo" obtido em atividades informações ou ilegais pelas pessoas jurídicas de modo geral.

Por isso é importante o conhecimento dos seguintes esquemas de fabricação de lucros e prejuízos que têm o intuito de ocultação de bens, direitos e valores e a transformação de dinheiro obtido na ilegalidade em aplicações financeiras legais. Mas, o principal motivo da ocultação ou desvio do dinheiro obtido legalmente é a Redução da Carga Tributária mediante a Sonegação Fiscal.

Desvios de Títulos Públicos emitidos para pagamento de "Precatórios"

Veja como funcionavam os esquemas operacionais para realização de negociações fraudulentas com títulos públicos no mercado de capitais do SFN - Sistema Financeiro Nacional para efetivação do desvio (desfalque) dos recursos financeiros dos precatórios., entre outros valores, incluindo desvios de Fundações de Previdência Privadas (Fundos de Pensão).

Veja também o texto do site Folha Online em 14/02/2008 intitulado "Celso Pitta sofre duas condenações no escândalo dos precatórios" e veja o texto publicado em 18/02/2008 no site Última Instância" intitulado Justiça Federal condena ex-prefeito Celso Pitta a quatro anos de prisão".

Desvio de Recursos Financeiros de Secretaria de Estado da Fazenda

Veja os exemplos de Desvio de Recursos Financeiros de Secretaria de Estado da Fazenda no Mercado de Balcão de Títulos Públicos.

Atuação das Instituições Financeiras NÃO RESIDENTES, através das contas conhecidas como CC5

  1. Constituição de Bancos Ofsshore em Paraísos Fiscais
  2. O Leaseback e o esquentamento do Caixa Dois
  3. Operações de Não-Residentes - OFFSHORE
  4. Offshore - Empresa Constituída em Paraísos Fiscais
  5. Remessa de Dólares pelo Mercado de Taxas Flutuantes
  6. Participações Societárias - Integralização e Retorno Irregular de Capital Estrangeiro
  7. Os Bancos Virtuais e as Transferências Internacionais
  8. Os Doleiros e os Paraísos Fiscais
  9. Blindagem Fiscal e Patrimonial
  10. Os Paraísos Fiscais e os Estudantes de Jornalismo
  11. Paraísos Fiscais - Operações das Offshore a partir de 2003
  12. Evasão de Divisas
  13. Combate à Evasão de Divisas e à Lavagem de Dinheiro
  14. Quem Abriu as Portas à Lavagem de Dinheiro

O Desvio de Recursos de Fundações de Previdência Privada

  1. Operações nas Bolsas de Valores - Desvio de Fundações de Previdência Privada
  2. Desvios de Fundações de Previdência Privadas Através de Operações com lastro em Títulos Públicos

Desde o início da década de 1980 também foram descobertos desvios de recursos financeiros de entidades de previdência privada, os quais foram realizados mais comumente por intermédio de operações realizadas no SFN, o que permite o rastreamento do fluxo financeiro dos negócios realizados.

Na totalidade dos casos apurados, esses recursos financeiros desviados eram interceptados por "laranjas" ou "testas-de-ferro" para serem utilizados no enriquecimento ilícito e em campanhas eleitorais.


(...)

Quer ver mais! Assine o Cosif Eletrônico.