início > textos Ano XX - 13 de novembro de 2018



QR - Mobile Link
PARAÍSO FISCAIS - ESQUEMA PRÁTICO DE MANIPULAÇÃO DE RESULTADOS

O ATIVO FISCAL INTANGÍVEL E A CONTRIBUIÇÃO NÃO MENSURÁVEL

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO OU SONEGAÇÃO FISCAL

São Paulo, 06/11/2014 (Revisado em10-07-2018)

23 - ESQUEMA PRÁTICO DE MANIPULAÇÃO DE RESULTADOS

CONSTITUIÇÃO DE SUBSIDIÁRIAS EM PARAÍSO FISCAIS

REDUÇÃO DA CARGA TRIBUTÁRIA NO BRASIL

  • 1º PASSO: Constituição de Banco Offshore em Paraíso Fiscal
  • 2º PASSO: Participação Societária de Banco Brasileiro em Subsidiária de Paraíso Fiscal
  • 3º PASSO: A Subsidiária do Banco Brasileiro Incorpora o Banco Offshore de Paraíso Fiscal
  • 4º PASSO: Depósito no Exterior para Evitar o Recolhimento do Compulsório no Brasil
  • 5º PASSO: Empréstimo do Dinheiro para Clientes no Brasil
  • 6º PASSO: Contabilização da Receita de Juros no Final do Mês Corrente
  • 7º PASSO: Contabilização da Amortização do Intangível

Trata-se de esquema semelhante ao indicado por empresas de consultoria em planejamento Tributário, que praticam o que chamam de Elisão Fiscal. Porém, os agentes de fiscalização dizem que é Sonegação Fiscal  (Evasão Fiscal) -Crime Contra a Ordem Econômica e Tributária (Lei 4.729/1965 e Lei 8.137/1990).

Por Américo G Parada Fº - Contador - Coordenador do COSIFE


(...)

Quer ver mais! Assine o Cosif Eletrônico.