início > textos Ano XXIII - 27 de novembro de 2021


QR - Mobile Link
CONCLUSÃO - MENTIRAS E VERDADES SOBRE A PRIVATIZAÇÃO DAS TELES

MENTIRAS E VERDADES SOBRE A PRIVATIZAÇÃO DAS TELES

OS MOTIVOS DA ESTATIZAÇÃO DA ECONOMIA BRASILEIRA

São Paulo, 15/04/2011 (Revisado em09/11/2021)

Referencias: Terceirização, Privatização das Empresas Estatais de Telecomunicações, Monopólio, Oligopólio, Avaliação de Empresas, Lei 7.913/1989 - Crimes Contra Investidores, Manipulação da Cotações nas Bolsas de Valores por Corretores de Valores. Fiscalização do Mercado de Capitais - CVM - Comissão de Valores Mobiliários. Motivos da Criação das Estatais. Sonegação Fiscal, Lavagem de Dinheiro, Blindagem Fiscal e Patrimonial, Internacionalização do Capital, Fraudes e Desfalques contra o Patrimônio Público. Governabilidade e Desenvolvimento Nacional, Tributos - Receitas Governamentais e Gastos Públicos - Investimentos.

16. CONCLUSÃO

Por Fábio F Parada - Bacharel em Direito e Américo G Parada Fº - Contador

Diante do exposto, podemos imaginar que alguns indivíduos estudam jornalismo exatamente para que não sejam especialistas em algo científico ou tecnológico. Por esse motivo são obrigados a perguntar para quem sabe.

Então, procuram alguém para ser entrevistado e depois escrevem sobre o que foi conseguido entender, mas geralmente não conseguem plenamente entender o que foi dito. Muitos sãoAnalfabetos Funcionais.

Veja ainda o texto intitulado Contabilidade de Custos nas Telecomunicações, em que foram transcritos textos apresentados diariamente pelo Jornal da Band, relativos à reportagem especial sobre as “TELES” levada ao ar na semana de 04 a 08/04/2011.

A reportagem muito bem documentada nos ajudou a desmentir (contradizer, contestar) o que foi escrito pelo articulista em questão em janeiro de 2011.

Embora soubesse da existência dos esquemas de apadrinhamento decorreligionários, devido aos seus 40 anos de experiência, o articulista naturalmente acreditava que as pilantragens praticadas pelos dirigentes das empresas privatizadas nunca seriam descobertas.

Afinal, segundo os neoliberais anarquistas, o governo é sempre incompetente e interfere injustamente nas liberdades individuais.Mas, para serem os agentes da privatização, os governantes também precisam estarinseridos naquele mesmo grupo neoliberal.

Então, por de fato se julgarem incompetentes para bem administrar a Nação, os nossos governantes a partir de 1990 preferiramprivatizar ou terceirizar a administração das empresas estatais.

Veja também: Não foi a privatização que ampliou acesso à telefonia, foi a tecnologia