início > textos Ano XXI - 21 de novembro de 2019



QR - Mobile Link
ASSALTO AOS FUNDOS DESTINADOS ÀS TELECOMUNICAÇÕES

MENTIRAS E VERDADES SOBRE A PRIVATIZAÇÃO DAS TELES

OS MOTIVOS DA ESTATIZAÇÃO DA ECONOMIA BRASILEIRA

São Paulo, 15/04/2011 (Revisado em 15/03/2019)

Referencias: Terceirização, Privatização das Empresas Estatais de Telecomunicações, Monopólio, Oligopólio, Avaliação de Empresas, Lei 7.913/1989 - Crimes Contra Investidores, Manipulação da Cotações nas Bolsas de Valores por Corretores de Valores. Fiscalização do Mercado de Capitais - CVM - Comissão de Valores Mobiliários. Motivos da Criação das Estatais. Sonegação Fiscal, Lavagem de Dinheiro, Blindagem Fiscal e Patrimonial, Internacionalização do Capital, Fraudes e Desfalques contra o Patrimônio Público. Governabilidade e Desenvolvimento Nacional, Tributos - Receitas Governamentais e Gastos Públicos - Investimentos.

11. ASSALTO AOS FUNDOS DESTINADOS ÀS TELECOMUNICAÇÕES

Por Fábio F Parada - Bacharel em Direito e Américo G Parada Fº - Contador

Sobre o tema, o articulista escreveu:

Além desse verdadeiro assalto, temos o confisco de R$ 32 bilhões dos três fundos setoriais nos últimos 10 anos: Fundo de Universalização das Telecomunicações (Fust), o Fundo de Fiscalização das Telecomunicações (Fistel) e o Fundo de Tecnologia das Telecomunicações (Funttel). Total do “preço de banana”: R$ 429,2 bilhões.

Imagine, leitor, se o Brasil tivesse investido apenas esses R$ 32 bilhões confiscados dos fundos num projeto de banda larga, em benefício do usuário final?

Visão de político. Por que a maioria dos políticos deturpa e distorce a realidade para favorecer a ideologia e os interesses político-partidários?

REPOSTA DO COSIFe:

Os políticos deturpam e distorcem a realidade porque são falsos representantes do povo. Assim como os mercenários da mídia, os políticos agem somente em benefício dos detentores do poderio econômico que financiam suas campanhas políticas.

Culpa do povo que somente agora está aprendendo a votar e assim cobrará dos congressistas uma reforma política que impeça a eterna presença no Congresso Nacional daqueles já conhecidos como falsos representantes do Povo. Os detentores do poder econômico devem ser impedidos de financiar campanhas políticas.

PRÓXIMO TEXTO: AVALIAÇÃO DOS RESULTADOS DA PRIVATIZAÇÃO