início > textos Ano XX - 16 de setembro de 2019



QR - Mobile Link
MULTINACIONAIS DOS EUA LUCRAM MAIS EM PARAÍSOS FISCAIS

MULTINACIONAIS DOS EUA LUCRAM MAIS EM PARAÍSOS FISCAIS

Redação da Folha de São Paulo - Dinheiro - 19/09/2004

Um estudo realizado por um ex-economista do Tesouro americano mostrou que as empresas do país lucraram um valor recorde de US$ 149 bilhões em 2002 em paraísos fiscais, como Irlanda, Bermuda, Luxemburgo e Cingapura.

O estudo conclui que, quanto mais uma companhia americana pode usar subsidiárias estrangeiras para pagar menos impostos, maior é o incentivo para investir e empregar no exterior, o que tem resultado numa perda crescente de dinheiro para o governo.

Um exemplo seria uma empresa com subsidiária na Irlanda que fabrica nesse país um produto por US$ 10 e o vende por US$ 50 nos EUA. Se a subsidiária vendê-lo à matriz por US$ 35, o imposto incidirá sobre US$ 15, mesmo que o lucro da empresa tenha sido de US$ 40, pois US$ 25 entrarão como lucro da subsidiária.

Veja outras formas de utilização dos Paraísos Fiscais em Planejamento Tributário Internacional e em Paraísos Fiscais