início > cursos Ano XXII - 24 de fevereiro de 2021


QR - Mobile Link
CFC - EXAME DE SUFICIÊNCIA DE 2015-1 - QUESTÃO 03 - RESPOSTA

CFC - EXAME DE SUFICIÊNCIA
BACHAREL EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS
QUESTÕES E RESPOSTAS DE 2015 - 1ª EDIÇÃO
(Revisada em 05-01-2016)

Referências: QUESTÃO 03 - RESPOSTA - Classificação Contábil, Princípio de Contabilidade da Competência.

Clique na questão desejada:

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50

Por Américo G Parada Fº - Contador - Coordenador do COSIFE

QUESTÃO 03: RESPOSTA

Em relação aos efeitos contábeis referentes aos registros das transações de uma empresa no mês de fevereiro de 2015, julgue os itens abaixo como Verdadeiros (V) ou Falsos (F) e, em seguida, assinale a opção CORRETA.

I - O pagamento do aluguel do mês anterior, na data de vencimento, diminuiu o Ativo e o Passivo e não gerou nenhuma mudança no Patrimônio Líquido.

II - A compra à vista de mercadorias não alterou o total do Ativo, não alterou o total do Passivo e não gerou nenhuma mudança no Patrimônio Líquido.

III - A aquisição de ações de emissão da própria empresa, à vista, diminuiu o Ativo, não alterou o Passivo Exigível e aumentou o Patrimônio Líquido.

A sequência CORRETA é:

(a) F ,F, V.

(b) F ,V, F.

(c) V ,F, V.

(d) V ,V, F.

JUSTIFICATIVA

Contabilização: Regime de Competência X Regime de Caixa

1) - Aprovisionamento do Aluguel pelo Regime de Competência:

Débito: Despesas de Aluguel (Conta de Resultado)
Crédito: Contas a Pagar (Passivo)

Por ocasião do levantamento do Balancete de Verificação, os débitos ficam na coluna à esquerda do referido demonstrativo e os créditos na coluna à direita. Isto significa que no mencionado lançamento contábil pelo Regime de Competência houve o aumento de valores nas duas citadas colunas.

Entretanto, por ocasião do levantamento do Balanço Patrimonial, as Contas de Resultado (Receitas, Custos e Despesas) são encerradas. Assim, o resultado líquido (lucro ou prejuízo) passa a integrar o Patrimônio Líquido.

2) - Pagamento do Aluguel na data estipulada no Contrato de Locação (Regime de Caixa):

Débito: Contas a Pagar (Passivo)
Crédito: Caixa ou Bancos (Ativo)

Na data do pagamento acontece o Regime de Caixa. Ou seja, houve uma diminuição do Ativo (Caixa) e uma redução do Passivo (Contas a Pagar).

Como as Contas do Ativo têm saldo Devedor, a redução ou diminuição desse saldo é feita por lançamento a crédito.

Como as Contas do Passivo têm saldo Credor, a diminuição do saldo se faz mediante lançamento a débito.

Assim sendo, a afirmativa "I" da questão 3 relativa à Prova ora analisada é VERDADEIRA:

I - O pagamento do aluguel do mês anterior, na data de vencimento, diminuiu o Ativo e o Passivo e não gerou nenhuma mudança no Patrimônio Líquido.

Contabilização: Compras à Vista

Débito: Estoque (de Mercadorias) (Ativo)
Crédito: Caixa ou Bancos (Ativo)

As compras à vista são sempre liquidadas pelo Regime de Caixa, salvo se a compra à vista foi paga por funcionário mediante a utilização de Cartão de Crédito fornecido pela empresa. Neste caso, o verdadeiro pagamento será feito quando a empresa administradora do Cartão de Crédito remeter a Fatura de Cobrança. Isto acontece comumente com as empresas que possuam Cartões de Crédito fornecidos pelo BNDES - Banco Nacional de Desenvolvimento.

Se a compra fosse realizada com Cartão de Crédito, o lançamento seria o seguinte:

Débito: Estoque (de Mercadorias) (Ativo)
Crédito: Cartão de Crédito a Pagar (Passivo)

No vencimento do Cartão de Crédito seria feito o seguinte lançamento contábil:

Débito: Cartão de Crédito a Pagar (Passivo)
Crédito: Caixa ou Bancos (Ativo)

Então, no caso da verdadeira compra à vista (paga em dinheiro ou em cheque), não houve alteração patrimonial porque as duas contas (a debitada e a creditada) estão no Ativo.

Assim sendo, a afirmativa "II" da questão 3 relativa à Prova ora analisada é VERDADEIRA:

II - A compra à vista de mercadorias não alterou o total do Ativo, não alterou o total do Passivo e não gerou nenhuma mudança no Patrimônio Líquido.

Contabilização: Compra de Ações da Própria Empresa - Ações em Tesouraria

Débito: Ações em Tesouraria (Patrimônio Líquido)
Crédito: Caixa ou Bancos (Ativo)

Como as contas do Patrimônio Líquido têm saldo Credor, a compra de Ações da Própria Empresa (débito) gerou uma diminuição do Patrimônio Líquido, assim não alterando o antigo Passivo Exigível (atual Passivo Circulante), mas, alterando (para menos) o Total do Passivo em razão da redução do Patrimônio. Ou seja, a compra de ações da própria empresa significa que houve o resgate de ações de algum acionista ou a devolução do capital empreendido por algum acionista.

Em consequência da saída do dinheiro existente em Caixa ou no Banco em que a empresa mantém conta corrente, obviamente foi gerada uma diminuição do Ativo e a consequente diminuição do Patrimônio Líquido.

Assim sendo, a afirmativa "III" da questão 3 relativa à Prova ora analisada é FALSA:

III - A aquisição de ações de emissão da própria empresa, à vista, diminuiu o Ativo, não alterou o Passivo Exigível e aumentou o Patrimônio Líquido.


(...)

Quer ver mais! Assine o Cosif Eletrônico.