início > contabilidade Ano XXII - 26 de outubro de 2020


QR - Mobile Link
ATUAÇÃO DO PROFISSIONAL DE CONTABILIDADE - NO SISTEMA FINANCEIRO

RAMIFICAÇÕES E ESPECIALIZAÇÕES DA CONTABILIDADE

ATUAÇÃO DO PROFISSIONAL DE CONTABILIDADE (Revisada em 10-06-2020)

SUMÁRIO:

4. NO SISTEMA FINANCEIRO

  1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS
  2. Correspondente Bancário
  3. Agente Autônomo de Investimentos
  4. Administrador de Carteiras de Investimentos
  5. Analista de Valores Mobiliários
  6. Consultor de Valores Mobiliários

Veja também:

  1. Composição do Sistema Financeiro
  2. Lei 4.278/1965 - Sistema Distribuidor de Títulos Valores Mobiliários
  3. Lei 6.385/1976 - Criou a CVM e versa sobre o Mercado de Capitais
  4. MTVM - Manual de Títulos e Valores Mobiliários
  5. Atuação das Sociedades Corretoras de Títulos e Valores Mobiliários
  6. Atuação das Sociedades Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários
  7. Atuação das Sociedades Corretoras de Câmbio
  8. ABR - Auditoria Baseada em Riscos - Auditor Interno e Externo (Independente)
  9. Governança Corporativa - Conselho Fiscal - Comitê de Auditoria - Compliance Officer - Ouvidoria

Adaptação, complementação  e atualização por Américo G Parada Fº - Contador Coordenador do COSIFE.

1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS

Desde a década de 1990, quando surgiu a internet, os bancos tem procurado meios de redução de seus custos operacionais, mediante a automação bancária. Isto significa que as instituições do sistema financeiro, principalmente os bancos, precisam ter uma perfeita contabilidade de custos para que seus dirigentes possam ter dados mais precisos e em menor espaço de tempo.

Mas, o COSIF, expedido pelo Banco Central na década de 1980, não foi aperfeiçoado, razão pela qual destoa de quase tudo que se conhece por contabilidade atualmente. O COSIF do BACEN nem cita a Contabilidade de Custos.

Assim, em pouca palavras, parece ter ficado claro que NÃO SÃO os contadores que estão se adaptando aos avanços tecnológicos, porque a contabilidade (método das Partidas Dobradas existe há mais de 520 anos, desde Luca Paccioli. É óbvio que os avanços no processamento de dados (a partir da década de 1950) e nas telecomunicações (a partir da década de 1970) surgiram e se desenvolveram para permitir que o enorme crescimento (globalizado) dos negócios (públicos e privados), realizados diariamente, pudessem ser contabilizados em pouco espaço de tempo e, mais recentemente, em tempo real (online).

Com a chegada da Internet, surgiu imediatamente o HOME BANKING (o banco em casa), tal como quase todos passaram a ter depois do surgimento do SMARTPHONE e também em tempos de PANDEMIA.

Com a estabilidade da moeda, provocada pelas empresas interessadas em negócios sem riscos financeiros, os cartões de crédito e de débito passaram a ser comuns. Os bancos, com regime inflacionário, não podia emprestar dinheiro a longo prazo.

Entretanto, em suas respectivas contabilidades, os bancos desprezam o COSIF expedido pelo Banco Central e passa a usar aquela contabilidade oficial expedida pelo CFC - Conselho Federal de Contabilidade

2. Correspondente Bancário

Correspondente Bancário

3. Agente Autônomo de Investimentos

Veja no site da CVM - Comissão de Valores Mobiliários: Agente Autônomo de Investimentos

4. Administrador de Carteiras de Investimentos

Veja no site da CVM - Comissão de Valores Mobiliários: Administrador de Carteiras de Investimentos

5. Analista de Valores Mobiliários

Veja no site da CVM - Comissão de Valores Mobiliários: Analista de Valores Mobiliários

6. Consultor de Valores Mobiliários

Veja no site da CVM - Comissão de Valores Mobiliários: Consultor de Valores Mobiliários