início > textos Ano XXII - 20 de outubro de 2020


QR - Mobile Link
COMO A INICIATIVA PRIVADA NÃO QUER TRABALHAR, SÓ RESTA ESTATIZAR

DILMA É A PRIMEIRA LÍDER MUNDIAL A OUVIR AS RUAS

DILMA ACORDOU - ESTÁ DEIXANDO DE PISAR NA BOLA

São Paulo, 02/07/2013 (Revisada em 10-07-2018)

COMO A INICIATIVA PRIVADA NÃO QUER TRABALHAR, SÓ RESTA ESTATIZAR

  1. A MONOPOLIZAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR PELOS ELITISTAS
  2. A TEORIA DOS ECONOMISTAS PROGRESSISTAS FRANCESES

Por Américo G Parada Fº - Contador - Coordenador do COSIFe

A MONOPOLIZAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR PELOS ELITISTAS

É importante observar que as principais faculdades de medicina no Brasil são estatais. Tradicionalmente nessas universidades estatais, com raras exceções, sempre estudaram os descendentes dos brasileiros mais bem aquinhoados, salvo para o exercício daquelas profissões não consideradas como nobres, a exemplo da medicina, engenharia, direito, economia, filosofia, letras, jornalismo, entre outras semelhantes.

Depois de formados, os elitistas que poderiam ter estudado em universidades privadas, não querem trabalhar para o governo e muito menos para os pobres.

Por tais motivos, por iniciativa dos nossos governantes mais recentes, o Congresso Nacional foi praticamente forçado a estabelecer cotas para os menos favorecidos, como meio de corrigir a os problemas existentes desde os tempos em que as elites oligárquicas faziam questão de perpetuada a segregação social dos "suburbanos".

A TEORIA DOS ECONOMISTAS PROGRESSISTAS FRANCESES

Sobre esse tema, os titulares de uma organização que se identifica como "economistas progressistas franceses" na eclosão da Crise Mundial de 2008, que quebrou os países europeus em 2011 escreveram um manifesto denominado O Capitalismo Não Está Trabalhando - Outro Mundo É Possível.

Isto significa que não podemos viver eternamente num mundo em que as elites tentam perpetuar a segregação social mediante a exploração do trabalho humano em regime de semiescravidão. Por isso, essas elites querem a realização de uma Reforma Trabalhistas e Previdenciária que reduza os Diretos Sociais dos trabalhadores, tese ou teoria defendida pelos laureados com o Prêmio Nobel de Economia em 2010.

Veja informações complementares no texto Os Mitos Defendidos Pelos Capitalistas Sobre a União Europeia, baseado em outros publicados pelo site CartaMaior e UOL-Folha de São Paulo.

Veja também o interessante artigo publicado em 18/06/2007 por IstoÉ-Dinheiro intitulado Para Que Servem os Economistas? Refere-se especialmente aos brasileiros. Nele há endereçamento para outro publicado em 05/11/2009 em que se comenta o escrito em 1992 por Napoleão Saboia que faz a sinopse do descrito num livro publicado em 1991 por um francês mestre, doutor e catedrático em Economia na Universidade de Toulouse - França que se tornou famoso por criticar as teorias defendidas e utilizadas por seus pares de cátedra.

Veja também o texto intitulado Morte aos Fiscais do Trabalho e os demais por ele endereçado.