início > textos Ano XXI - 28 de fevereiro de 2020



QR - Mobile Link
OS PREJUDICADOS PELA SONEGAÇÃO FISCAL DOS 1% MAIS RICOS

O ATIVO FISCAL INTANGÍVEL E A CONTRIBUIÇÃO NÃO MENSURÁVEL

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO OU SONEGAÇÃO FISCAL

São Paulo, 06/11/2014 (Revisado em10-07-2018)

4 - OS PREJUDICADOS PELA SONEGAÇÃO FISCAL DOS 1% MAIS RICOS

Por Américo G Parada Fº - Contador - Coordenador do COSIFE

AS VÍTIMAS DA DESIGUALDADE SOCIAL IMPOSTA PELOS MAIS RICOS

As vítimas dessa desigualdade social provocada pelos Mais Ricos não são somente os indivíduos menos aquinhoados. Nesse segregacionista processo escravocrata, também são vítimas os microempresários e os empresários de pequeno e médio porte que por mera falta de dinheiro não conseguem ter o mesmo privilégio concedido pelos legisladores àquele 1% mais rico.

Os trabalhadores são sempre os mais prejudicados porque têm seus patrões como agentes do governo no momento da dedução dos tributos incidentes sobre seus salários, que NÃO deveriam ser considerados como rendimentos tributáveis. Isto significa, em tese, que somente o trabalhador com "carteira de trabalho assinada" não tem direito de sonegar tributos.

Como é sabido, não existem lobistas ou consultores em planejamento tributário que queiram defender a tese contida nessa última afirmação em negrito.

Explicações complementares estão no texto "Salário Não é Renda".

O REGIME FEUDAL PRATICADO PELOS DETENTORES DO GRANDE CAPITAL

Afinal, se os trabalhadores (consumidores) deixarem de pagar tributos, quem assumirá o ônus do pagamento desses tributos?

Isto significa que em todo o mundo capitalista ainda impera o Regime Feudal, tal como nos sultanatos, emirados e nos demais regimes absolutistas (disfarçados como democracias parlamentaristas) como são os reinados, principados, ducados (como é o caso do Grão-Ducado de Luxemburgo).

AS FALSAS OPORTUNIDADES DO CAPITALISMO NORTE-AMERICANO

Por isso alguns estudiosos dizem o famoso "Sonho Norte-Americano" nunca existiu porque somente o 1% mais rico conseguiu a tão sonhada riqueza. Os republicanos dizem que os 99% restantes não conseguiram riqueza porque são vagabundos.

Aliás, no Brasil os extremistas de direita dizem o mesmo. O ex-presidente FHC, por exemplo, assim taxou os aposentados brasileiros e os migrantes estrangeiros importados pela nossa oligarquia sempre disseram o mesmo sobre os trabalhadores, especialmente sobre os descendentes dos ex-escravos.

A NEFASTA ATUAÇÃO DOS LOBISTAS CORRUPTORES

E os muito bem remunerados lobistas contratados pelos detentores do poderio econômico sempre são a parte mais importante nesse processo de convencimento dos falsos representantes do povo,os quais sempre se manifestam em favor dos bilionários, assim como fazem os profissionais do mercado financeiro e de capitais,apoiados pelos economistas ortodoxos (conservadores, arcaicos).

Observe que todos os mencionados legisladores pouco fazem em defesa do Povão. Alguns até se mostraram favoráveis à exploração da mão de obra em regime de semiescravidão.

Veja o texto denominado "Morte Aos Fiscais do Trabalho"que versa sobre a "Chacina de Unaí".


(...)

Quer ver mais! Assine o Cosif Eletrônico.