BALANÇO DE ABERTURA DA ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL - http://www.cosif.com.br/
Ano XV - São Paulo, 22 de julho de 2014



Mobile Link
 

BALANÇO DE ABERTURA DA ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL


PADRON - PLANO CONTÁBIL PADRONIZADO

ESQUEMAS DE CONTABILIZAÇÃO

ESQUEMA Nº 25: BALANÇO DE ABERTURA DA ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL

  1. Registro dos Elementos do Ativo
  2. Registro dos Elementos do Passivo
  3. Registro do Capital Social
  4. Registro do Resultado Apurado (Lucros ou Prejuízos Acumulados)
  5. Registro de Ajustes de Exercícios Anteriores ou anteriores ao Balanço de Abertura

COMENTÁRIOS

O Balanço de Abertura é utilizado para contabilização dos saldos do Ativo e do Passivo apurados mediante Perícia ou Auditoria realizada para se dar início à escrituração contábil em empresas que anteriormente apenas usavam o Livro Caixa, como aquelas optantes pelos sistemas de tributação conhecidos como Simples Nacional e como Lucro Presumido. As empresas que ficaram inativas durante longo espaço de tempo (mais de 5 anos) também poderão utilizar esse recurso.

O Balanço de Abertura também pode ser utilizado por empresas que tiveram sua escrituração contábil desclassificada pela fiscalização, desde que essa desclassificação seja atestada por profissional de contabilidade devidamente habilitado.

É importante que, antes de iniciar os procedimentos de contabilização, seja lido o texto intitulado Balanço de Abertura da Escrituração Contábil para ter certeza de que todos os procedimentos básicos foram adotados.

Notas Importantes:

1) - A conta Balanço de Abertura deve ficar zerada depois de efetuados todos os lançamentos contábeis.

2) - A conta Balanço de Abertura pode ser aberta no grupamento do Patrimônio Líquido e será utilizada apenas uma vez, quando da abertura da escrituração contábil

3) - Os eventuais Ativos ou Passivos não computados no Balanço de Abertura, apurados depois de iniciada a escrituração contábil, devem ser registrados na contabilidade como Ajustes de Exercícios Anteriores, que será subtítulo de Lucros ou Prejuízos Acumulados no grupamento do Patrimônio Líquido

(Revisado em 04-03-2013)


1. Registro dos Elementos Ativos:

Débito - Caixa
Débito - Bancos Conta Movimento
Débito - Estoques de Mercadorias
Débito - Móveis e Utensílios
Débito - Imóveis
Crédito - Balanço de Abertura


2. Registro dos Elementos Passivos:

Débito - Balanço de Abertura
Crédito - Duplicatas a Pagar (Fornecedores)
Crédito - Obrigações Sociais (Trabalhistas e Previdenciárias)
Crédito - Obrigações Tributárias
Crédito - Parcelamento de Débitos Tributários


3. Registro do Capital Social

O valor do Capital Social será o registrado no Contrato Social

Débito - Balanço de Abertura
Crédito - Capital Social


4. Registro do Resultado Apurado (Lucros ou Prejuízos Acumulados)

O valor do lançamento em Lucros ou Prejuízos Acumulados é resultante da diferença entre os elementos ativos menos elementos passivos e capital social.

a) - Pela apuração de Lucros Acumulados, que serão adicionados ao Patrimônio Líquido

Débito - Balanço de Abertura
Crédito - Lucros Acumulados

b) - Pela apuração de Prejuízos Acumulados, que serão deduzidos do Patrimônio Líquido

Débito - Prejuízos Acumulados
Crédito - Balanço de Pagamentos


5. Registro de Ajustes de Exercícios Anteriores ou anteriores ao Balanço de Abertura

a) Pela apuração de componentes do Ativo em data  posterior ao Balanço de Abertura:

Débito: (Pertinente conta do Ativo)
Crédito: Ajustes de Exercícios Anteriores

b) Pela apuração de componentes do Passivo em data  posterior ao Balanço de Abertura:

Débito: Ajustes de Exercícios Anteriores
Crédito: (Pertinente conta do Passivo)





Atendimento
Central do Assinante
Licença de Uso
Política de Privacidade
Suporte - Helpdesk
Suporte ao Usuário
Busca Avançada
Ajuda
Mapa do Site
FAQ
Comercial
Assine Já
Anuncie Aqui
Estatisticas
Institucional
Coordenação
Editoração
Expediente
Contato
twitter.com youtube.com google.com rss antispam.br
©1997-2014   Megale Mídia Interativa.   Todos os direitos reservados para Américo Garcia Parada Filho.